terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Sonhos no Mais Você. Desta vez, sem recheios de creme!

Entre as receitas e as piadas do Louro José, a apresentadora Ana Maria Braga incluiu na programação de ontem, 26/01, um tema que me interessa de perto: os sonhos e o seu significado. Eu vibro sempre que vejo que o assunto ganha outras rodas que não os círculos fechados e às vezes inacessíveis do mundo psi. Afinal, sonhar é o instrumento mais democrático de autoconhecimento e ver essa discussão em um programa popular como o Mais Você traz uma boa perspectiva: a de que possamos, todos, falar mais e mais sobre sonhos, independente do quanto estejamos familiarizados com a linguagem onírica.

Já reconheci aqui neste espaço e vou insistir sempre que “entender” os sonhos não é uma tarefa fácil, porque o inconsciente nos fala por meio de metáforas, de pegadinhas, de imagens que não são nada claras para a consciência. E talvez por isso os manuais que “decifram” os sonhos façam tanto sucesso, porque eles vêm preencher uma necessidade permanente que o indivíduo tem de entender esse recado que vem em forma de imagens aparentemente sem nexo, sem ligação com o sonhador.

A prova disso é que no site do Mais Você, além do vídeo com o psicólogo entrevistado, Guilherme Kwasinsky, que foi às ruas conversar com pessoas que contaram sonhos inquietantes para elas, há também um resumidíssimo manual abordando o significado de dentes, casamento e nudez.

Nem vou discutir a ampliação desses temas, tirados certamente dos tantos “dicionários” de sonhos à venda no mercado, mas não resisto em comentar o item casamento, que segundo a explicação nunca pode ser visto como de bom presságio e pode indicar desavenças em família. De onde terá saído tamanha barbaridade?! Dependendo de com quem o sonhador está casando, pode ser um excelente anúncio!

Mas até para chegar a esta conclusão, de bom ou mau presságio, é fundamental saber detalhes significativos. Com quem é o casamento? O noivo está presente? Como se encontra o sonhador em relação a este fato tão determinante na vida de uma pessoa? O noivo (ou noiva) é alguém que conhece? Ou você nunca viu na vida? Só uma dica, para quem tiver curiosidade de aprofundar, porventura, um sonho sobre esse assunto, seja ou não casado.

Um casamento pressupõe que estamos nos unindo a alguém que amamos... ou será que você se casaria com um ser detestável? Se casamos com alguém que amamos ou por quem temos admiração, isso pode significar no seu sonho que uma parte importante de você está sendo integrada, um aspecto da sua personalidade, que até então estava negligenciada, pode agora “unir-se” a você.

E se no seu sonho ainda não aparece o noivo? Você está toda pronta, mas faltam os sapatos, por exemplo? Vou deixar todos muito curiosos, pois vou voltar ao assunto, só para não deixar esse post com um metro de extensão. Mas quero concluir que, mesmo discordando do manual apresentado no site do Mais Você, fico realmente gratificada por ver que falar de sonhos é pauta para um programa de televisão, com repercussão entre todas as camadas da população, inclusive tendo a responsabilidade de levar ao programa um profissional sério para conversar com os mais anônimos seres humanos, caminhantes da vida nesta São Paulo convulsionada.

Até porque para sonhar não precisamos de títulos, status, formações, conhecimentos... Precisamos apenas estar vivos!

E se você quiser conhecer a matéria veiculada pelo Mais Você, tai o link:

http://maisvoce.globo.com/MaisVoce/0,,MUL971765-10345,00-SIGNIFICADO+DOS+SONHOS.html

4 comentários:

Débora disse...

Pois é, casamentos me perseguem (nos sonhos só, menos mal! hahahah)
Mas me dá raiva essas coisas, pois ao invés de difundir conceitos incríveis da psicologia, só deturpa eles e aí as lendas sobre os significados sobre sonhos só aumentam de forma equivocada no imaginário da galera.
É uma pena...ainda bem que tenho a minha terapeuta, que é ÓTIMA, que sempre me ajuda a decifrar meus sonhos, casamentos e sapatos...
;-)
beijos

Patrícia Kusunoki disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Patrícia Kusunoki disse...

Achei a gravação bem bacana mesmo, dentro da proposta do programa mas tratando do assunto com seriedade, do jeito que a gente gosta - ê laiá!
Beijos

Denise Kiki disse...

Dona Vera,

precisa postar coisas novas nesse blog.... estou ávida por novas informações!

beijos, até de noite... tomara!